Quais as vantagens de utilizar os métodos naturais?

Permitem que a mulher e o marido aprendam como o sistema reprodutivo dela funciona, podendo-­se detectar problemas de saúde.
Respeitam a vida no seu início e em todas as etapas de seu desenvolvimento, promovendo uma atitude positiva com relação à criança.
São ecologicamente corretos, já que muitas pessoas têm des­coberto a importância de uma vida em acordo com os ritmos da natureza harmoniosa e equilibrada que não depende artificialmente de apoios externos ou químicos.
São fáceis de aprender e eficazes, desde que sejam bem seguidos.
Aumentam o conhecimento e a capacidade de autocontrole.
Não fazem com que a mulher fique na dependência de medica­mentos, dispositivos ou cirurgia.
Não têm efeitos colaterais, uma vez que não alteram os pro­cessos naturais do organismo.
Constituem um valioso guia para o bem­ estar ginecológico, pois alertam para problemas ou irregularidades do ciclo.
São aplicáveis em todas as condições e circunstâncias socio­ culturais, inclusive em mulheres cegas ou analfabetas.
Além de adiar uma gravidez, os métodos naturais podem aju­dar a consegui­-la.
Ajudam o homem e a mulher a assumir, conjuntamente, a res­ponsabilidade da fertilidade, fortalecendo o amor conjugal.
De graça, mas se o casal quiser, existem acessórios como mi­croscópios e termômetros.
Alertam para problemas de saúde (sangramentos advindos de miomas, corrimentos).
Fortalecem o diálogo e preparam para chegada dos filhos.
Ajudam a ter experiências com o amor de Deus e sua família.
IMPORTANTE: A Organização Mundial da Saúde reconhece que o método Billings possui a mesma eficácia que a pílula anti­concepcional, ou seja, 98,7%.
Vale reforçar que a grande vantagem mesmo é o fato de os métodos serem um recurso a mais na promoção da harmonia conjugal e sexual do casal, especialmente por serem o “método do namoro para os casais” ou o “método do casal”, que estimula o diálogo e a comunicação fortalecendo o conhecimento um do outro, a fidelidade e o amor.